Destaques

TUDO PASSA

Por Francine S. C. Camargo •
quarta-feira, 14 de abril de 2021

             


            Tento meditar há anos, ou pelo menos realizar algo semelhante, que envolva suprimir pensamentos e ideias intrusivas da mente e mergulhar em meu corpo, respiração e batimentos cardíacos. Vinha sem sucesso até então, pois toda vez que tentava criar esse vácuo, o narrador onisciente que mora em mim (e tudo supõe e em tudo opina) me chamava para a realizade dizendo “hahaha, como se você fosse capaz de calar os pensamentos! Nem tente”, dando assim espaço para que listas mentais de afazeres e metas se delineassem, assim como todos os erros e acertos de uma vida toda eram também repassados nesses minutos de mergulho em meus mares profundos.

Ainda aceito dicas e depoimentos dos “meditadores” de plantão, mas há poucos meses, meditar tem sido algo alcançável. Não que tenha se tornado fácil, que eu tenha girado uma alavanca e simplesmente desencantado. É só que começou a ficar mais simples, mais real, mais íntimo, sem ser opressivo.

Hoje nesse momento de entrega, com pouca dispersão, veio a mim, como mantra a seguinte frase:

TUDO PASSA.

Tudo passa...quanto cabe nessa sentença! Pandemia passa? E os medos também vão embora? E tristeza passa, já que o samba diz não ter fim? E dor passa? Sei que muitas dores passam com analgésico, a depender da potência e das características de sua aparição e estadia, mas às vezes sei também que a dor definha a gente...e essa passa sem remédio? O que é bom também passa: sonhos noturnos, paixões, tesão, alegrias, encantamentos e admirações...e vão assim, sem aviso prévio, sem perguntar nem se já podem ir...

Passa. Passa para nós, através de nós, às vezes passa e ficamos alheios ao seu transcurso, ainda sob o efeito do que era, estava, fazia. Chega, toma um café forte e adoçado, a depender do gosto, e depois deixa uma sensação de ido, de não completamente vivido; às vezes passa como passam redemoinhos, chuvas intempestivas.

Passa. Mas e o que fica? E quem fica?

Assunto para a próxima meditação...

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião para nós do Refúgio Literário

Publicidade

iunique studio criativo

Instagram

© Refúgio Literário – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in